Beneficiários do bolsa família são surpreendidos com NOVIDADE para empreender

Criado pelo Governo Federal, o programa Bolsa Família proporciona uma variedade de vantagens para as famílias beneficiadas por essa iniciativa social. Em breve, prevê-se a expansão desses benefícios com a implementação de um novo programa adicional.

Descubra mais informações sobre o futuro programa do Bolsa Família:

  • O programa tem como meta liberar um total de R$ 1,5 bilhão em crédito;
  • Esse valor será disponibilizado para auxiliar famílias a iniciarem seus próprios negócios;
  • O objetivo é estimular o empreendedorismo e reduzir a dependência do auxílio social;
  • A concessão do crédito ocorrerá através do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (PRONAMPE);
  • Prevê-se que todos os inscritos no CadÚnico sejam beneficiados, inclusive aqueles que não fazem parte do Bolsa Família;
  • O montante disponibilizado terá garantia do Tesouro Nacional;
  • Além do investimento do Governo Federal, outras instituições financeiras poderão aderir à iniciativa;
  • Estima-se que elas possam disponibilizar R$ 20 bilhões em linhas de crédito;
  • Até o momento, alguns bancos demonstraram interesse em participar desse programa;
  • Outras informações sobre o programa serão divulgadas em breve;
  • No entanto, não há um prazo definido para o seu lançamento oficial;
  • Atualmente, o Bolsa Família já oferece diversos benefícios adicionais.

Veja os benefícios extras já existentes do programa Bolsa Família:

  • Benefício de Renda de Cidadania: acrescenta R$ 142 por membro da família;
  • Benefício Complementar: complementa o pagamento das famílias cuja soma dos benefícios não atinge R$ 600;
  • Benefício Primeira Infância: concede R$ 150 mensais por criança de zero a sete anos;
  • Benefício Variável Familiar: fornece uma parcela extra de R$ 50 mensais para gestantes e jovens de 7 a 18 anos;
  • Benefício Variável Familiar Nutriz: oferece um adicional de R$ 50 para cada integrante com até sete meses de idade;
  • Benefício Extraordinário de Transição: válido até maio de 2025. Garante que nenhum beneficiário receba menos do que o valor concedido pelo Auxílio Brasil.