Como ser contemplado neste mês com as INSCRIÇÕES do Bolsa Família!

O calendário completo para o ano de 2024 do Programa Bolsa Família foi oficialmente divulgado pelo Governo Federal, com destaque para os pagamentos previstos para o mês de março, os quais têm início agendado para o dia 15, sem previsão de antecipações.

O Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) e a Caixa Econômica Federal (CEF) mantiveram o valor do benefício para março em R$ 600, conforme anunciado. Para este mês específico, o calendário de pagamentos do Bolsa Família segue uma ordem baseada no último dígito do Número de Identificação Social (NIS) de cada beneficiário, com regras e datas específicas para cada grupo.

Inscrição no Programa Bolsa Família de março

O processo de inscrição no Programa Bolsa Família, que anteriormente demandava presença física em uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), agora oferece a opção de pré-cadastro online por meio do aplicativo do Cadastro Único (CadÚnico). Este aplicativo é acessível gratuitamente e disponível para sistemas Android e iOS. Entretanto, é importante ressaltar que a conclusão do registro requer a presença física na unidade do CRAS, onde a documentação será verificada.

Veja o passo a passo para se inscrever no Cadastro Único:

– Ter um responsável pela família presente para responder às perguntas do cadastro, que deve ser maior de 16 anos e morar na mesma residência;
– O responsável pela família, preferencialmente uma mulher, precisa ter CPF ou Título de Eleitor;
– No caso de famílias indígenas e quilombolas, outros documentos podem ser apresentados;
– Além disso, é necessário apresentar pelo menos um dos documentos específicos de todos os membros da família no momento da atualização cadastral no CRAS.

Regras e Novidades do Programa Bolsa Família de março

As famílias beneficiárias devem cumprir compromissos relacionados à saúde e educação, tais como acompanhamento pré-natal, calendário nacional de vacinação, estado nutricional das crianças menores de 7 anos, frequência escolar mínima, e manter o Cadastro Único atualizado a cada 24 meses.

Além disso, medidas foram aprovadas para combater fraudes no Bolsa Família, tais como aprimoramento dos controles de coleta de dados por autodeclaração, sistema de avaliação periódica dos dados e ampliação do monitoramento e orientação aos municípios.

Composição e Calendário de Pagamentos do Programa Bolsa Família de março

Até que novos valores sejam estabelecidos, o Governo Federal mantém a composição atual do Bolsa Família da seguinte forma:

– Benefício de Renda de Cidadania (BRC): R$ 142 por pessoa da família;
– Benefício Complementar (BCO): Garantia de que todas as famílias beneficiadas recebam, no mínimo, R$ 600;
– Benefício Extraordinário de Transição (BET): Garantia de que os beneficiários não recebam valores menores do que anteriormente, com pagamento confirmado até maio de 2025;
– Benefício Primeira Infância (BPI): Acréscimo de R$ 150 por criança de zero a sete anos incompletos;
– Benefício Variável Familiar (BVF): R$ 50 adicionais para gestantes e crianças/adolescentes de 7 a 18 anos incompletos;
– Benefício Variável Familiar Nutriz (BVN): R$ 50 para cada membro da família com até sete meses incompletos, com início das transferências em setembro.

O calendário de pagamentos para março é organizado de acordo com o último dígito do NIS de cada beneficiário do Bolsa Família, com as seguintes datas estabelecidas:

– NIS final 1: 15 de março;
– NIS final 2: 18 de março;
– NIS final 3: 19 de março;
– NIS final 4: 20 de março;
– NIS final 5: 21 de março;
– NIS final 6: 22 de março;
– NIS final 7: 25 de março;
– NIS final 8: 26 de março;
– NIS final 9: 27 de março;
– NIS final 0: 28 de março.

Esteja atento ao calendário e aos requisitos do Programa Bolsa Família para garantir o recebimento do benefício de forma correta e dentro dos prazos estabelecidos. Juntos, podemos promover o bem-estar e a assistência necessária às famílias brasileiras.