Confirmação de BLOQUEIO no Bolsa Família devido à falta de exames de saúde

Muitos beneficiários estão em situação de vulnerabilidade no que diz respeito ao bloqueio do Bolsa Família devido à falta de acompanhamento de saúde. Todos os grupos que incluem crianças de até 7 anos são obrigados a passar por esse processo. Caso contrário, a primeira consequência será o bloqueio do benefício a ser recebido.

O acompanhamento médico é uma das condicionalidades do Bolsa Família, com o governo federal estabelecendo requisitos para garantir a participação no programa. Além de atender aos critérios de renda, é necessário cumprir as obrigações para que o governo possa oferecer suporte à família de forma mais eficaz.

Quem deve passar por acompanhamento de saúde no Bolsa Família?

Nem todas as famílias precisam realizar o acompanhamento de saúde no Bolsa Família, sendo uma exigência que varia de acordo com a composição familiar.

De acordo com a legislação atual do programa, devem realizar verificações de saúde uma vez a cada seis meses:

  • Crianças de 0 a 7 anos;
  • Gestantes devem realizar o pré-natal com consultas mensais, além de todos os exames de ultrassom oferecidos pelo SUS.

Onde realizar o acompanhamento de saúde para o Bolsa Família?

Aqueles que foram alertados sobre o possível bloqueio do Bolsa Família por falta de acompanhamento de saúde devem se dirigir a uma UBS (Unidade Básica de Saúde) ou posto de saúde local. Com a documentação necessária, os dados do titular do programa serão registrados no sistema.

Os exames incluem:

  • Crianças de até 7 anos devem ser avaliadas com medição de peso e altura semestralmente;
  • O procedimento é rápido, mas deve ser realizado em uma unidade de saúde pública.

O objetivo é permitir que o governo monitore se as crianças em situação de vulnerabilidade mantêm um peso e altura adequados para sua idade.