Quem é beneficiário do BPC pode ser beneficiário do Bolsa Família? Conheça as regras.

As diretrizes de acesso ao Bolsa Família e ao BPC consideram a renda mensal por pessoa. Estes benefícios são destinados a públicos distintos e ainda geram dúvidas entre os brasileiros. Veja a seguir mais informações sobre a possibilidade de acumular ambos os benefícios.

O Brasil implementou programas para melhorar a qualidade de vida e a renda de sua população. O Bolsa Família e o BPC são exemplos dessas iniciativas, sendo ambos de responsabilidade do governo federal, porém com critérios de elegibilidade diferentes.

Quem tem direito ao Bolsa Família e ao BPC?

– O Bolsa Família é destinado às famílias com renda mensal de até R$ 218 por pessoa.
– Já o Benefício de Prestação Continuada é direcionado a pessoas com renda mensal de até ¼ do salário mínimo, equivalente a R$ 330 por pessoa.
– Além disso, é necessário ter mais de 65 anos ou apresentar deficiência de longa duração.
– É fundamental estar cadastrado no Cadastro Único (CadÚnico) para receber tanto o Bolsa Família quanto o BPC.

É viável acumular o Bolsa Família e o BPC?

Recentemente, a Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência da Câmara dos Deputados aprovou uma proposta que exclui o valor do BPC do cálculo de renda do Bolsa Família. Essa medida beneficia crianças e adolescentes com deficiência que recebem o BPC, garantindo que não sejam desfavorecidos devido ao limite de renda estabelecido. Vale ressaltar que o BPC corresponde a um salário-mínimo mensal, e para mais informações sobre como solicitá-lo, clique aqui.

Essa proposta ainda precisa passar pela análise das Comissões de Previdência, Assistência Social, Infância, Adolescência e Família; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) antes de ser implementada.